quinta-feira, 1 de dezembro de 2016









Palestra. A Importância da Leitura para o desenvolvimento humano

https://www.youtube.com/watch?v=Y9yFUajQgp0

Palestra

Olá! Já parou para pensar na organização da vida escolar do seu filho? Percebeu que o dia tem as mesmas 24 horas e elas não são suficientes para tudo o que você precisa fazer, seja na vida pessoal ou profissional? Nesta palestra vou falar sobre alguns pontos que, certamente, são do seu interesse: tempo, casa, filhos, trabalho, estudo, organização para qualidade de vida. http://bit.ly/2gz3rPI Ementa: Técnicas de otimização do tempo; a escola e o dia a dia; agenda e tarefas; o urgente, o intermediário e o IMPORTANTE; seu cérebro no comando. Será um prazer ter VOCÊ comigo. . Faça a sua inscrição! em até 12x; Muito grata! http://bit.ly/2gz3rPI

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Luzes em mim


A vida chama... Clama... Chora e ri...
O tempo passa, por trás de vidraças... Mórbidas cicatrizes na alma...
Voe... Elabore ritos... Mova-me... Construa à memória... Curve-se ao riso... Mova-me por entre os teus dedos...
Quando a vida gosta... O Amor inflama... Dança... Canta... Ilumina-me com a tua boca.
Os versos presos... Perda de tempo...
O vazio que enxagua... Grita?... Ficar na gruta... Púrpura encruzilhada?
Olhei e não vi... Tantos vagos atributos... E tu surdo?
Luzes em minha face... Perdemos a oportunidade de colher as crostas de um dia único... Quando fechados os olhos...
Um dia...Absurdamente, apaixonado... Dois caminhos, todos levam ao meu peito...
Isso não tem mais jeito.

Resta um


Pouquinho dos dias... Das luminárias... Da fonte...
Das águas de todos os tamanhos.
Rasgas as veias, com a fragilidade dos ditos...
Crias... Credos... Criados... Raízes...
Resta um... Grude de terra... Para levantar acampamento... E, no (do) firmamento sacudir a poeira.
Escultura feita de nuvens... Desvai-se com um sopro...
Alguns contornos ganharam vida, ao longo dos anos... Outros abrigam o mistério das garras afiadas... Apenas planos.
Volvo os olhos para a estrada... Arranco, do corpo, as vestes do que fora encravado...
Resta um minuto... Reforçaria o dito... Mas, rasgo os papiros...
Nem folhas... Nem frutos... Apenas, abrigo.