quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Nossa canção

Nossa canção

Quero o vasto campo colorido... Amor...
Os plantados pés... Comendo o dia lindo. Explendor.
Amar a ti, em plena lua... Ao amanhecer.
Sei que é tão difícil aliviar a dormência dos dedos...
Demência estampada, nas ruas vastas... Algum sentido existe?
Saber viver... O inconfundível... O lamento abrigo... Eu sei.
O te querer... O querer a mim...
Saber correr... Pelos lagos... Pelos campos... Teu sorriso meu encanto...
Sei que a vida tem destinos diferentes, sim... Cada traço escolhido por mim...
Cada traço recolhido na memória... Mas, para nunca mais viver?...
Sei ... O caminho está coberto... Cor... Que os teus olhos são torrentes... Dor... Eu sei.
Córregos de nós... Nossa canção...
Às mãos... Fazer ... Dizer... Amor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário