quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Ouve-se

Ouve-se

Falando sério... A música em meus ouvidos...
Ao gosto da lua... O sol que queima... Desfalece.
Ainda que os rumos... Ainda que os sulcos...
Podemos ouvir...
Ouve-se o rasgo dos grãos... O espalhar, na terra, a continuação.
Saborear os dias... Apenas meus... Apenas nossos...
Falando sério... Mais sentimento?...
E o que guardo no peito... O distribuir sorrisos... Amanhecer com o canto dos passarinhos...
Ao gosto das ondas... O mar que refletes tanto...
Em direção à cachoeira... Todos os sonhos... Oceanos.
Falando sério... Ouve-se o tempo construído... Cada tijolo... Cada entalhe de sentidos.
E a poesia ganha ares de meditação...
Galgar o espaço... Reflexo do espelho d'água... À minha face, a tua direção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário